quarta-feira, 14 de setembro de 2011

É dia do irmão?

Mas eu só tenho irmãs, como faz agora Zé?


 














São fotos bem pessoais, mas eu não sinto vergonha de mostrá-las, muito pelo contrário, quero gritar a minha felicidade de conviver e compartilhar com vocês, as minha lindas irmãs, todos os dias da minha vida, minhas felicidades e tristezas. Assim como eu me sinto gratificada por poder estar sempre ao lado de vocês, para apoiar, repreender e aplaudir quando necessário. Para sempre, uma em três, para sempre. Amo incondicionalmente!