segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Credo, pra quê?

Esses dias eu estava assistindo ao programa da Gabi, no SBT, e ela estava entrevistando uma moça muito estranha, virou notícia essa semana. Sarah Sheeva, e ela falava da sua nova crença e como ela e a família dela levavam a vida.
Pra que não conhece, Sarah Sheeva é a filha mais velha (de seis), do ex-casal Baby Consuelo (cantora) e Pepeu Gomes (guitarrista). É um povo estranho, pra ver  naipe, eles foram barrados na Disney porque chamavam mais a atenção do que as atrações do parque...
Eu lembro, quando criança do grupo "SNZ", eu achava aquelas meninas lindas, cantavam super bem e eram tão descoladas...hoje vejo, oh God, por quê?
A banda era formada pela Sarah Sheeva, a Nanã Shara e a Zabelê, que são as três mais velhas dos seis irmãos. É confuso... Mas é que elas fizeram parte da minha infância, eu gostava tanto de ficar olhando a cara estranha das três, tão diferentes né?
Bom, voltando ao início, a Sarah Sheeva era ninfomaníaca, dizia que não podia passar três dias sem sexo. PUFF... Enfim, hoje ela é missionária evangélica e se encontrou. Blá blá blá.
Mas pra quê que eu to escrevendo essas coisas? As músicas são idiotas e já passaram faz é tempo, pra quê desenterrar essas coisas? Vê se você lembra, eu lembrei, to ficando velha.