segunda-feira, 16 de abril de 2012

Penso que já tenho dito, mas que morei no seu sorriso por um tempo
Morei lá e lá fiquei, de tão bom que foi
Sobre aquele abraço que me deu devaneios por meses, 
não te digo nada
Pois só me restou ele pra lembrar 
o quanto foi duro te ver indo embora 
com seu cheiro 
Seu cheiro de menta