sábado, 21 de abril de 2012


"Que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e inocentes 
Depois brinca comigo, ri do meu umbigo
E me crava os dentes"