terça-feira, 10 de abril de 2012

Todos esses problemas gramaticais

Na verdade, ultimamente tenho buscado muitos refúgios dentro de mim. As pessoas ao meu redor podem fazer o que puderem, me dizer o que for necessário para o momento. Me proteger. Mas é que não sei explicar essa canseira que toma minha cabeça, meu corpo... talvez sejam os estudos em demasia. Bicicleta demais, amor de menos.
Talvez seja a rotina, talvez seja a mesmice, talvez seja esse monte de "talvez". Quem sabe então... Muito embora, no entanto, entretanto, contudo...todavia, no mais. Estou indo embora.
Tchau.


Se eu fosse um gato seria esse aí!