terça-feira, 12 de junho de 2012

É vida,

Vejo que vivo vagando, ziguezagueando zonza a te procurar...♪... Mas agora que cresci aprendi que os adultos não sabem chorar, muito menos rir. Não sabem trapacear na brincadeira, nem sabem comer algodão doce. Eu ainda sei. Ainda sei procurar a tradução de uma música só pra saber se o que eu sinto ao ouvi-la é o mesmo que ela realmente diz.Enquanto digito, uma fresta de sol bate na minha mão e me deixa com calor, eu percebo que logo posso voltar aos meus sorrisos. Sair da monotonia. Do ócio.


Ainda não terminei... Preciso de sol e de verniz =/


Meu alface está lindo e a minha couve mais linda ainda *-*