quinta-feira, 5 de julho de 2012

Assim que você puder...

Eu amo você, mas não é só pela sua voz, ou seu jeito desenfreado de resolver os problemas. Não é só pelo jeito carinhoso que cuida de mim e dos meus problemas. Do jeito que me olha como intrínseca vidente das minhas necessidades. Do jeito que você pode me fazer feliz, do jeito que você me faz feliz. Do jeito que me salva, que me tira do sério, me traz tantos mistérios, me ajuda, me crucifica, me acompanha.
Do jeito que pode me dar a mão e sentir toda minha energia, minhas vibrações. O ritmo do meu coração... Você bate junto dele. Juntinho. Eu te amo por muitas coisas pequenas e grandes também. Te amaria até caindo de um precipício. Te amaria debaixo d'água, debaixo da terra, debaixo da coberta, debaixo das pálpebras. É tão fácil amar assim... É tão fácil te amar assim.
Então permaneça intacta, dentro de mim.